Sem categoria

The Bibliophile Club | Tema e livro escolhido para Janeiro

3 de Janeiro, 2019

Um dos projectos que mais me deixam absolutamente extasiada em 2019 é, sem sombra para dúvidas, o meu clube literário. Se não sabem do que estou a falar, o The Bibliophile Club foi criado por mim, pela Lyne e pela Sofia com o intuito de criar um espaço interactivo onde se falasse sobre livros sem pressão ou obrigatoriedade. Se quiserem saber mais sobre ele, podem ler a publicação introdutória aqui. Hoje, falo um pouquinho mais sobre o tema de Janeiro e o livro escolhido para este mês, que promete ser super interessante. 

Quando começámos o nosso brainstorming acerca daquilo que queríamos que fosse o nosso clube literário, sabíamos que não queríamos forçar outros membros a ler um livro em específico. Ou não há dinheiro, ou não apetece ler esse mas sim outro, ou uma carrada de outras alternativas que tornam, por vezes, este género de projectos em algo exaustivo quando na realidade deve ser divertido e dinâmico. 
Não estou a fazer public shaming aos clubes literários que apostam nessa alternativa, atenção. Há pessoas que preferem ter uma espécie de guia naquilo que vão ler durante o mês e é precisamente aí que entra um grupo desse tipo. Todavia, nós queríamos algo para o outro lado da questão, para aquelas pessoas que acabavam por nunca se comprometer com um clube literário precisamente por essa razão. Os temas pareceram ser a opção mais viável e acabaram por ficar. 
Este mês acabámos por escolher não-ficção e/ou auto-ajuda. É Janeiro, início do ano e das típicas resoluções de mudar a nossa vida do princípio ao fim. Precisamos de inspiração, precisamos de pessoas reais, histórias autênticas e dicas verdadeiramente produtivas. Nada melhor do que este género literário para entrar em 2019 em grande. 
Pelo que já conseguimos apurar no nosso grupo do Facebook (que conta já com mais de 70 membros, algo que me deixa imensamente feliz ❤), a ideia foi bem recebida e já temos pessoas a ler os mais variados temas, autores e histórias. Paralelamente, temas vs. livros acaba por ser algo positivo em mais do que um aspecto: não só oferecemos livre arbítrio aos outros leitores, como ficamos a conhecer novas histórias através das suas leituras. 

Começar o ano a dizer que se f*da e as sugestões para quem não sabe o que ler

O prometido é devido: se não querem participar no clube via Zuckerberg, as nossas publicações estão cá para vos contar tudo o que está a acontecer. Penso que o Instagram vai ser muito mais dinâmico para partilhar o que os outros membros do clube estão a ler, através da hashtag #TheBibliophileClub, mas posso na mesma oferecer um pequeno scoop, exclusivo das fundadoras!
A verdade é que eu, a Lyne e a Sofia concordámos em fazer na mesma sugestões literárias para o caso de alguém estar às cegas na leitura do mês. Assim, os nossos três livros estariam lá para quando a inspiração literária faltasse. 
Pessoalmente, quis escolher “A Grande Magia” (2015)* de Elizabeth Gilbert. É um dos melhores livros de sempre para nos encontrarmos com a criatividade que há em nós de uma forma espiritual, única e absolutamente brilhante. Em 2017 escrevi sobre as 5 coisas que amei neste livro e continuo exactamente com a mesma opinião. 
A Lyne escolheu “A Força do Hábito” (2012), de Charles Duhigg, e a Sofia preferiu “Breve História de Quase Tudo” (2003), de Bill Bryson. Não li nenhum destes dois, mas garanto-vos que foram para a minha lista de leituras futuras. 
No entanto, e porque as nossas sugestões nem sempre têm que combinar com aquilo que vamos ler nesse mês, decidi aventurar-me em “A Arte Subtil de Saber Dizer que se F*da” (2016), de Mark Manson. Porque é mesmo disto que eu preciso: de um livro sarcástico, descontraído e divertido que me faça pensar em 2019 com uma grande carga de positivismo e tranquilidade.

Agora quero saber a vossa escolha! Se vão participar no The Bibliophile Club, já escolheram o vosso livro? Se ainda não fazem parte do nosso clube, do que é que estão à espera? 😏

The Bibliophile Club

Em parceria com Imperium by Lyne e A Sofia World
Podes encontrar o nosso grupo no Facebook aqui se quiseres participar em discussões sobre todas as nossas leituras. 
* O By the Library é um blogue afiliado da Wook; ao adquirirem estes livros através dos links fornecidos, estão a contribuir com uma pequena percentagem para mim, potenciando o crescimento do nosso cantinho. Por mais leituras!


SEGUE-ME NAS REDES SOCIAIS
Facebook • Instagram • Youtube  Twitter • Pinterest 
  • Reply
    Carolina.
    3 de Janeiro, 2019 at 16:01

    Eu estou a ler o Love x Style x Life da Garance Doré para este primeiro desafio 🙂

    • Reply
      Sónia Rodrigues Pinto
      4 de Janeiro, 2019 at 18:02

      Já sei que já terminaste e vou imediatamente ler a tua review para saber o que achaste! 🙂

  • Reply
    Neuza C
    3 de Janeiro, 2019 at 20:07

    Olá. Terminei ontem o livro Coisas que uma mãe descobre de Filipa Fonseca Silva. Vou tentar fazer opinião no meu blog. Se o conseguir, partilho no grupo do FB.
    Beijinhos

    • Reply
      Sónia Rodrigues Pinto
      4 de Janeiro, 2019 at 18:03

      Olá Neuza. Que bom já teres terminado o teu livro para o clube. Acho que devias mesmo partilhar connosco para sabermos o que achaste 🙂

  • Reply
    Carolayne T. R.
    3 de Janeiro, 2019 at 21:40

    Yaaaáas 💫 Que ótima maneira de começar este tipo de publicações!!
    Por enquanto, mantenho a minha escolha, "O poder do hábito", e só falta começar a ler, eheh!

    LYNE, IMPERIUM BLOG

    • Reply
      Sónia Rodrigues Pinto
      4 de Janeiro, 2019 at 18:04

      Vá, administradora do clube, toca a meter as mãos na massa e ler o livro do mês! 😉

  • Reply
    Suspiros da Bea
    3 de Janeiro, 2019 at 22:30

    Já me juntei ao clube!!

  • Reply
    Andreia Morais
    3 de Janeiro, 2019 at 23:12

    A dinâmica de um clube de leitura sempre me pareceu interessante, porque conversar sobre livros transmite um aconchego extra. No entanto, confesso, a ideia de haver um livro fixo acabava sempre por me demover. Acho que assim, através de temas, é muito mais versátil, muito mais abrangente e muito mais pessoal, porque temos liberdade. E porque fazemos sobressair o nosso eu leitor.
    Ainda não decidi qual a obra que irei ler, mas estou muito tentada em optar pela tua 🙂

    r: Oh, que bom que é ler isso, minha querida ❤
    Hesitei um pouquinho antes de me juntar, porque já me tinha comprometido n' Uma Dúzia de Livros e tinha receio de não ser capaz de corresponder em ambos. No entanto, lá no fundo, sabia que era uma questão de dias até dizer que sim ahahah

    • Reply
      Sónia Rodrigues Pinto
      4 de Janeiro, 2019 at 18:05

      Tenho a dizer que já vou a meio do "A Arte de Saber Dizer que se F*da" e recomendo a 100%. Já tenho metade do livro sublinhado e já me fartei de rir com as analogias do autor. É excelente e precisamente aquilo que eu queria para começar o ano 🙂

  • Reply
    Jéssica
    9 de Janeiro, 2019 at 14:09

    A ler "Astrofísica para Gente com Pressa" para participar! Já li o "Breve História de Quase Tudo" e, até hoje, é o meu livro de eleição neste registo.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: