Sem categoria

16 sugestões literárias para o Dia da Mãe

2 de Maio, 2018

Por esta altura, há um ano atrás, estava a fazer o meu primeiro giveaway – ainda sob o domínio SHE WRITES – onde, em parceria com a minha Andreia, oferecíamos um livro e uns miminhos em feltro para celebrar o Dia da Mãe. Este ano, infelizmente, não consegui fazer o mesmo, mas isso não significa que não tenha umas ideias para vocês. Aqui ficam algumas sugestões literárias para oferecer à vossa mamã, nem que seja com a desculpa de as roubarem mais tarde para ficarem vocês com elas! 😜

Dos que já li…


1. Para Onde Vão os Guarda-Chuvas
(2013), Afonso Cruz (já com alguns aninhos, mas continua a ser um dos meus favoritos do autor); 2. Outlander: Nas Asas do Tempo (1991), Diana Gabaldon; 3. O Ódio que Semeias (2017), Angie Thomas (para as mães que apreciam um bom young adult, um livro que consciencializa para questões como o racismo na nossa sociedade); 4. The Sun and her Flowers (2017), Rupi Kaur (só disponível em inglês, mas o meu preferido da poeta!). 


Dos que nos cortam a respiração…

5. O Último Fôlego (2018), Robert Bryndza (este autor parece estar na ribalta no mundo dos thrillers e policiais! Já encontrei pelo menos + 2 obras dele em destaque!); 6. A Mulher à Janela (2018), de A. J. Finn; 7. Perdido e Achado (2018), Stephen King (quero muito ler este livro, aborda uma obsessão arrepiante de um leitor por um escritor); 8. Traição (2013), Jason Matthews (um livro que está agora na ribalta por causa do filme Red Sparrow). 

Das histórias de amor…

9. O Tatuador de Auschwitz (2018), Heather Morris; 10. O Coração de Simon contra o Mundo (2018), Becky Albertalli (mais um young adult, mas que fala sobre um rapaz gay que tem de assumir quem é para o resto do mundo… Importante, certo? Quero desesperadamente ler!); 11. A Lady Improvável (2018), Valerie Bowman (de vez em quando permito-me sugerir um livro de romance erótico… Ainda que odeie a capa… E a premissa do bad boy que muda tudo por uma mulher… Mas o resumo fala de uma personagem feminista? Até gostava de experimentar 😂); 12. Ensina-me a voar sobre os telhados (2018), João Tordo;

Dos que sabem a outra coisa… 


13. A arte subtil de saber dizer que se f*da (2018), Mark Manson (ando há tanto tempo para ler isto! Todas as reviews têm sido super positivas!); 14. Lagom: A Arte Sueca para uma Vida Equilibrada (2017), Linnea Dunne; 15. A Grande Magia (2016), Elizabeth Gilbert (o meu livro de não-ficção preferido! E dei a minha opinião aqui no blogue há uns meses atrás); 16. Descomplica (2018), Sofia Castro Fernandes. 


***

A todas as mamãs e respectivas famílias por aí fora, um bom Dia da Mãe! Aos cépticos, é verdade que o dia da mãe é todos os dias, que as devemos celebrar todos os dias e mostrar o nosso amor todos os dias. Todavia, sou apologista de que dias como estes servem para dar miminhos extra e mostrar que não nos esquecemos dela! Seja através de um livro ou somente com um gesto carinhoso. Acima de tudo: muito amor, sempre! 💗



// Esta publicação contém links afiliados da Wook. Ao adquirirem os livros aqui sugeridos através dos links fornecidos, estão a contribuir para o crescimento do blogue! 
  • Reply
    Nequéren Reis
    2 de Maio, 2018 at 13:37

    Dicas maravilhosas para todas as mães que gosta da leitura, obrigado pela visita.
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

  • Reply
    Andreia Morais
    2 de Maio, 2018 at 21:51

    Tenho vários livros dessa lista que gostava de ler 🙂
    Cá em casa, por norma, eu é que compro os livros e depois a minha mãe é que os vai roubar para ler ahahah

    r: Em situações desse género, ou aprendemos ou aprendemos, porque não temos como fugir. Acho que à medida que vamos ganhando confiança, vamo-nos desprendendo destas manias. Com o tempo, por exemplo, também já noto que não preciso de controlar tanto. Mas com o sal tenho ideia que não mudarei :p
    Também gosto muito de pimentão doce e salsa, fica delicioso!

    Volta e meia partilho (apesar de que há bastante tempo que não o faço), mas nada muito elaborado 😀

    Beijinho grande, minha querida*

    • Reply
      Sónia Rodrigues Pinto
      3 de Maio, 2018 at 20:39

      A minha mãe nos últimos tempos anda a desleixar-se com a leitura, diz que já não se consegue concentrar para ler e então desiste deles completamente. Ando a tentar mudar isso há algum tempo, porque ela também foi uma pessoa essencial que promoveu os meus hábitos de leitura, amas não sei bem como lhe hei-de dar a volta! 😅

  • Reply
    Camila Faria
    3 de Maio, 2018 at 18:53

    Que ideia maravilhosa! Minha mãe adoraria ganhar qualquer um desses títulos, mas achei o Lagom a cara dela (e eu ainda posso pegar emprestado depois)! 🙂

    Não Me Mande Flores

    • Reply
      Sónia Rodrigues Pinto
      3 de Maio, 2018 at 20:43

      É esse um dos objectivos, ainda que a um nível mais egoísta. Acabarmos por emprestar os livros que lhes oferecemos 😂

  • Reply
    Ana
    4 de Maio, 2018 at 9:20

    Boas sugestões e secalhar vai ser mesmo este o presente para a minha mãe =)
    Beijinhos,
    https://chicana.blogs.sapo.pt/

  • Reply
    Andreia Morais
    4 de Maio, 2018 at 20:29

    r: Foi como o meu :/
    As Três Irmãs, que perdição! Há filmes mesmo maravilhosos.

  • Reply
    Carolina Sofia
    6 de Maio, 2018 at 14:01

    A minha mãe detesta livros e dar-lhe este tipo de coisas só faria com que ela ficasse furiosa. Acabei por fazer o almoço (foi algo que ela quis). Para ela já é algo, visto que durante a semana pouco cozinho. Alguns dos livros que mencionaste, quero comprar para ler (o Descomplica, O Último Fôlego e mais uns quantos). Beijinhos

    http://www.bycarolina.pt

  • Reply
    Inês Lopes
    10 de Maio, 2018 at 20:05

    O dia da mãe já passou mas acho que sugeriria a tetralogia da Elena Ferrante, que li a par com a minha mãe (eu lia o primeiro e passava para ela e assim adiante). É uma história cheia de mulheres fortes e histórias de família, com personagens de diferentes gerações que vale muito a pena ler 🙂

  • Reply
    Suspiros da Bea
    21 de Maio, 2018 at 21:21

    O ódio que semeias é um livro simplesmente lindo

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: